HORTA - Jeri Organica

 

Suplemento Projeto “Criando valor para o Lixo Orgânico de Jericoacora: Adubo e Hortas Comunitárias” submetido para Coelce

Conselho Comunitário de Jericoacoara

O presente documento é um complemento ao projeto submetido em 2011 para a Coelce, intitulado “Criando valor para o Lixo Orgânico de Jericoacora: Adubo e Hortas Comunitárias.” Seguindo a recomendação da Coelce, os ítens 6 a 15 do projeto foram atualizados para a realidade de 2013. Os demais itens (1-5) permanecem inalterados. O projeto é liderado pelo Conselho Comunitário de Jericoacoara. Professores e alunos da HEC Montréal, Canada, deram apoio técnico na elaboração desse documento. Cabe ressaltar ainda que o projeto sofreu alterações no seu plano de implementação devido a mudança de datas para a liberação de recursos (inicialmente prevista para junho de 2012). Com isso, o novo projeto prevê uma primeira fase de implementação junto a escola municipal de Jericoacoara, seguida de fases posteriores nas quais se tentará uma parceria com a empresa Cagece para a utilização de seu terreno para o desenvolvimento da operação de compostagem e para a construção de uma horta de grande escala para abastecer localmente Jericoacoara.

6. Objetivo geral:

O objetivo geral desse projeto será a sensibilização ambiental da população de Jericoacoara. O projeto é proposto em várias fases. Em uma primeira fase, o objetivo principal será a sensibilização das crianças da escola municipal de Jericoacora para a preservação da natureza, através da criação de uma horta comunitária. Em uma fase posterior, o projeto visará a compostagem dos resíduos orgânicos de Jericoacoara. O composto produzido poderá ser vendido assim como utilizado para adubar a horta comunitária que deverá ser criada para fornecer localmente a população de Jericoacoara. As fases mais avançadas desse projeto dependem de parceria com a empresa Cagece.

7. Objetivos específicos:

  1. Criação de uma horta comunitária na escola municipal de Jericoacoara

O nosso projeto consiste em criar uma horta comunitária na escola municipal de Jericoacoara com o objetivo de cultivar legumes. Mais específicamente, a primeira fase do projeto preve a construção de uma horta dentro da escola municipal que será gerenciada pelo Diretor da escola e terá o apoio do Conselho Comunitário de Jericoacoara. Uma série de atividades ligadas a sensibilização ambiental e a segurança alimentar serão desenvolvdas com alunos de diferentes séries. Adicionalmente, os legumes plantados serão utilizados para complementar a merenda escolar.

  1. Criação de empregos locais

Em fases posteriores, nosso projeto prevê a criação de empregos para a comunidade de Jericoacoara. Com a expansão do projeto para a produção de compostagem, o projeto necessitará de suporte constante de algumas pessoas para a coleta dos resíduos e manutenção do proecesso de compostagem.

  1. Redução da quantidade de resíduos transportados pelo parque nacional para o município de Jijoca

Em fases posteriores do projeto, a reutilização do lixo orgânico reduzirá de forma significativa o material transportado para Jijoca. No médio e longo prazos, esse projeto poderá ser unificado com um projeto que vise também residuos recicláveis, o que permitirá o aumento da consciencia ambiental local e da percepção do lixo.

  1. Abastecimento de legumes e frutas local para Jericoacoara

Jericoacoara é dependente dos alimentos trazidos de fora da localidade. Uma horta local pode suprir em parte a necessidade em legumes e frutas da região.

8. Público-alvo:

Para a implantação do projeto, diversos públicos serão implicados.

Para a primeira fase do projeto, alunos e pais serão diretamente implicados. A horta comunitária fará parte de projetos pedagógicos da escola, o que necessariamente demandará uma atenção especial por parte dos alunos e o interesse dos pais. A direção e os funcionários da escola serão os responsáveis pela horta e pela utilização da mesma para fins pedagógicos.

Para as fases posteriores do projeto, outros públicos serão implicados.

Do ponto de vista da gestão e da operação do projeto de compostagem, somente moradores de Jericoacoara serão mobilizados. Para a gestão, o conselho comunitário de Jericoacoara (líder desse projeto) será o responsável, alocando um de seus membros para a gestão. Para a operação, inicialmente 1 a 2 agricultores da região de Jericoacoara serão contratados para a geração de adubo e para o trabalho na horta. Será dada preferência para agricultores que estejam sem emprego ou que vivam atualmente em situação econômica precária.

Do ponto de vista do mercado, dois outros públicos serão privilegiados. Primeiramente, os proprietários de pousadas e de restaurantes. Esses poderão comprar os legumes produzidos localmente pela horta. O segundo público será a população variável de Jericoacoara, ou seja, os turistas nacionais e estrangeiros. Esses serão implicados com o projeto atráves dois mecanismos principais: utilização de redes sociais com atualização sobre o avanço da empresa social; possibilidade de visitas a horta comunitária como uma atividade de “eco-socio-turismo”.

9. Beneficiados diretos:

O projeto possibilitará que vários atores sejam beneficiados diretamente.

Escola Municipal Nossa Senhora da Consolação: A escola será a primeira beneficiária direta do projeto. A primeira fase do projeto se passa no interior da escola, o que permitirá a funcionários e alunos engajarem-se com o processo e aproveitarem-se dos benefícios de conscientização e de segurança alimentar derivados da horta.

Comunidade de Jericoacoara (população fixa de Jericoacoara): Reutilização do lixo orgânico, sensibilização para os problemas e oportunidades derivados do lixo, emprego e renda para agricultores (1 a 2, com impactos diretos para suas famílias) implicados no projeto piloto e para demais habitantes com o ganho de escala do projeto.

Conselho Comunitário de Jericoacoara (1-3 membros implicados de forma variada com o processo): Ganho de conhecimento e de competências para uma atividade de grande importância para o futuro da comunidade de Jericoacoara (gestão do lixo).

Donos de restaurantes e pousadas (mais de 50): Possibilidade de comprar legumes e vegetais locais, sem necessidade de ir a grandes centros (de forma limitada no início – em torno de 4-5 pousadas participantes do piloto - podendo ganhar em importância na medida que o projeto ganhe escala).

 

10. Beneficiados indiretos:

Turistas nacionais e estrangeiros (população variável de Jericoacoara): Os turistas poderão se beneficiar de uma praia que além de conhecida e respeitada por sua beleza natural, será também um exemplo na gestão de resíduos, se alinhando a tendência mundial de preservação do meio-ambiente. Além disso, os turistas terão mais uma atividade de “eco-socio-turismo” a sua disposição (visita a horta comunitária na escola).

Prefeitura de Jijoca de Jericoacoara: Redução do lixo orgânico transportado até o aterro de Jijoca. Ganhos do ponto de vista de reputação e imagem para o município, o que pode ser utilizado como um argumento (ecologicamente e socialmente responsável) para atração de turistas

 

11. Resultados esperados:

Resultados gerais para a comunidade de Jericoacoara

Segurança alimentar para os alunos da Escola: Com a horta dentro da escola, os alunos se beneficiarão de uma merenda escolar mais completa e variada. Os legumes colhidos serão incorporados à merenda.

Sensibilização dos alunos e pais para questões ambientais: Uma série de projetos educacionais serão desenvolvidos com pais e alunos desde o começo até o pleno funcionamento da horta. Mais de uma centena de alunos e de uma centena de pais serão expostos ao processo.

Empregos gerados: Em fases posteriores do projeto, 1-2 agricultores em situação econômica precária; 1-3 membros do conselho comunitário de jericoacoara

Redução de Resíduos orgânicos transportados ao aterro de Jijoca de Jericoacoara: Em fases posteriores do projeto, espera-se reduzir em ao menos 10-15% a quantidade de resíduos orgânicos atualmente transportados para o aterro de Jijoca de Jericoacoara. Essa quantidade pode aumentar dependendo da produção de lixo em Jericoacoara e da expansão do projeto.

 

12. Indicadores de resultados:

NA PRIMEIRA FASE DO PROJETO

QUANTIDADE DE ALUNOS SENSIBILIZADOS PELO PROJETO 

Essa medida permitirá avaliar quantos alunos foram envolvidos e sensibilizados pelo projeto.

QUANTIDADE DE PAIS SENSIBILIZADOS PELO PROJETO 

Essa medida permitirá avaliar quantos pais foram envolvidos e sensibilizados pelo projeto.

QUANTIDADE LEGUMES PRODUZIDOS 

Essa medida permitirá avaliar quantos legumes são produzidos e consumidos na horta na escola.

 

EM FASES POSTERIORES DO PROJETO

QUANTIDADE DE AGRICULTORES EM SITUAÇÃO ECONÔMICA PRECÁRIA

Essa medida permitirá avaliar o quanto o projeto está contribuindo para a inserção ao emprego de agricultores que vivem em situação econômica precária na região. Para o projeto piloto, de 1 a 2 agricultores serão beneficiados (assim como suas famílias). Com o ganho de escala no projeto, a tendência é que mais pessoas possam ser contratadas.

QUANTIDADE DE RESÍDUOS ORGÂNICOS TRANSPORTADOS PARA JIJOCA DE JERICOACOARA

Com essa medida, será possível avaliar quantos kg/toneladas de resíduos orgânicos deixam de ser transportados e colocados no aterro de Jijoca de Jericoacoara e, por conseguinte, ganham um valor econômico através do projeto.

QUANTIDADE DE LEGUMES VENDIDOS / PROPORÇAO QUANTIDADE PRODUZIDA

A quantidade de legumes vendidos é util quando comparada à quantidade de legumes produzidos. Calculando-se a proporçao “quantidade vendida sobre quantidade produzida” ou simplesmente comparando-se os numeros podemos ver se tudo o que foi produzido foi vendido e se nao é o caso de se analizar o porquê das perdas (frescor dos produtos, perdas naturais ocorridas no momento da produçao, insatisfaçao dos clientes, etc.). Esse indicador permite ver também qual é o crescimento das vendas e pode ajudar a planejar a produçao futura.

Esse indicador pode ser calculado de diferentes formas (numero de caixas vendidas, venda em peso, etc.).

QUANTIDADE DE ADUBO VENDIDO

A Quantidade de composto vendido permite avaliar as oportunidades no mercado interno de Jericoacoara. Com alguns meses de experiência e controle, essa medida permitirá avaliar a quantidade necessária de produção para venda e quantidade necessária para uso como insumo na horta comunitária.

QUANTIDADE DE COMPOSTO UTILIZADO

O objetivo dessa medida é ter uma idéia da variaçao da quantidade de composto utilizado en função das estações do ano e do desenvolvimento da empresa. Isso permitira ter uma melhor ideia da quantidade de composto que sera disponivel durante o ano e de poder prever a oferta de frutas e legumes. Essa medida poderá também dar uma ideia do preço que a empresa poderá cobrar em função da oferta e da procura de seus produtos. Finalemente, com essa medida, sera possivel identificar a quantidade aproximada de composto que podera ser vendida.

Essa medida podera ser calculada de diferentes maneiras (numero de recipientes, peso do composto, etc.)

FATURAMENTO/LUCRO

O faturamento e o lucro sao indicadores que permitirao saber se a empresa é viavel e de analizar as causas de um eventual insucesso. Além disso, esses indicadores permitem medir a margem de manobra financeira que a empressa possui afim de melhor cumprir sua missao. O objetivo aqui nao é analisar o faturamento ou o lucro de forma isolada afim de aumenta-los, mas sim saber a origem do lucro e se ele pode ser reinvestido para melhor responder a necessidade de reduçao de lixo em Jericoacoara.

 

13. Orçamento detalhado

 

Ver projeto e seus anexos apresentados em anexo.

 

14. Cronograma de execução

 

Agosto-Setembro 2013: Construção da horta comunitária dentro da escola.

Outubro-Dezembro 2013: Desenvolvimento de projetos pedagógicos e de sensibilização com alunos, pais e a comunidade de Jericoacoara.

Janeiro-Fevereiro 2014: Preparação de um plano para integrar a horta nas atividades escolares de 2014.

Março 2014: Avaliação da viabilidade da expansão do projeto para a fase de compostagem e de horta expandida. Essa fase depende da da obtenção de um espaço junto a Cagece.

 

15. Parcerias e responsabilidades

Conselho Comunitário de Jericoacoara: Responsável pela gestão do projeto

Escola Municipal Nossa Senhora da Consolação: Responsável pela manutenção da horta e o desenvolvimento de projetos de sensibilização ambiental.

Professores e alunos da HEC Montréal: Parceiros na elaboração, implantação e acompanhamento do projeto.


Orçamento para a primeira fase do projeto

CUSTOS + INVESTIMENTOS

23.425,00

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Custo de Operação

15.679,00

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Salários

12.864

 

 

 

 

 

 

 

 

Mão-de-obra

Salário mensal

Quantidade

Salário Total

 

 

 

 

 

 

Jardineiro

670

12

8.040

 

 

 

 

 

 

Custos suplementares com o jardineiro (60%)

402

12

4.824

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Matéria-Prima

2.815

 

 

 

 

 

 

 

 

Tipo

Preço por unidade

Quantidades

Preço

 

 

 

 

 

 

Terra (por saco de 8 Kg)

10

100

1.000

 

 

 

 

 

 

Grãos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tomates (Kg)

8

30

240

 

 

 

 

 

 

Alface  (unidade)

3

20

60

 

 

 

 

 

 

Pimentas (Kg)

5

20

100

 

 

 

 

 

 

Pepino (Kg)

6

15

90

 

 

 

 

 

 

Ervas Finas (unidade)

7

20

140

 

 

 

 

 

 

Cebola (Kg)

2

20

40

 

 

 

 

 

 

Moringa (Kg)

5

200

1.000

 

 

 

 

 

 

Milho (unidade)

3

30

90

 

 

 

 

 

 

Feijão (Kg)

1.5

10

15

 

 

 

 

 

 

Moranga (unidade)

2

20

40

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Investimento inicial

7.746,00

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Infra-estructura

5.960

 

 

 

 

 

 

 

 

Equipamento

Preço unitário

Quantidade

Preço

 

 

 

 

 

 

Cerca (20 metros)

210

14

2.940

 

 

 

 

 

 

Potes

55

4

220

 

 

 

 

 

 

Ferramentas para cerca (screws, bolts etc...)

200

1

200

 

 

 

 

 

 

Sistema de irrigação

2.000

1

2000

 

 

 

 

 

 

Bomba manual à pedal

600

1

600

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1.786

 

 

 

 

 

 

 

 

Equipamento

Preço unitário

Quantidade

Preço

 

 

 

 

 

 

25

2

50

 

 

 

 

 

 

Garfo

50

1

50

 

 

 

 

 

 

Ancinho

50

1

50

 

 

 

 

 

 

Tesouras

40

1

40

 

 

 

 

 

 

Regadores

2

15

30

 

 

 

 

 

 

Pistola de irrigação

40

1

40

 

 

 

 

 

 

Tubulação

55

1

55

 

 

 

 

 

 

Carrinho de mão

260

1

260

 

 

 

 

 

 

Serra

50

2

100

 

 

 

 

 

 

Transplantador

13

1

13

 

 

 

 

 

 

Balança (para pesar os legumes)

80

1

80

 

 

 

 

 

 

Tutores

3

100

300

 

 

 

 

 

 

Vasos biodegradáveis para as plantas

0.25

150

38

 

 

 

 

 

 

Botas para os trabalhadores

70

2

140

 

 

 

 

Luvas para os trabalhadores

20

2

40

 

 

 

 

 

 

Recipientes plstico para as pousadas

50

10

500

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um projeto patrocinado por:

contas

1° PRIMEIRO TRIMESTRE 2014

Relatóris D/C    
Extratos Bancos
Balancetes

 

Notícias Jeri Orgânica

Itens: 1 - 1 de 1

Contato

Conselho Comunitário de Jericoacoara
Rua principal,00
Jericoacoara - Ceará - Brasil
62598-973

5588 9914 8625

Conselho Comunitário de Jericoacoara © Todos os direitos reservados.

A Serviço da Comunidade - www.jeri.org.br - info@jeri.org.br