ÁREAS PARA TRÂNSITO E DEMOLIÇÃO OVNI

18/05/2011 23:26

 

Uma política de ordenação no trânsito na Praia de Jericoacoara deverá ser colocada em prática por ocasião das festas de fim de ano. Com isso, os turistas que forem visitar uma das praias mais paradisíacas do Nordeste não poderão mais circular pelas ruas estreitas da antiga Vila de Pescadores. O projeto piloto já tem data marcada para ser lançado, entre os dias 25 deste mês de 4 janeiro do próximo ano.
 
O intuito da decisão é para preservar o paraíso ecológico. "A comunidade é de acordo e há muito tempo vinha cobrando dos poderes públicos uma alternativa para barrar a circulação de veículos em meio aos pedestres", disse José Osmar, secretário de Turismo do município.
Com a decisão a ser colocada em prática, a população da vila espera que os congestionamentos, alta velocidade e, ainda, som às alturas, que costumeiramente perturba os que moram e visitam a praia, estejam com os dias contados.
 
De acordo com secretário estadual de Turismo, Bismarck Maia, que esteve ontem em Jericoacoara, a decisão agrada a maioria. "Convidamos a comunidade para uma discussão sobre o projeto de ordenamento do fluxo de veículo e isto foi bem aceito", disse. O evento, que serviu de definição para o projeto de ordenamento, aconteceu no último dia 6 e reuniu representantes de associações de moradores e do trade turístico local, além de autoridades municipais da região. Contou também com as presenças do secretário Ivo Gomes, chefe de Gabinete do Governo do Estado, e da superintendente da Semace, Lúcia Teixeira.
 
Mas tudo isso terá um custo. Quem chegar à praia de carro para as festas de fim de ano deverá deixar o veículo estacionado numa área que está sendo preparada pela Prefeitura na Vila de Jeri. O custo por cada 24hs será de R$ 10. "Não sei se isso valerá para todos os dias, mas acho que não agrada a cobrança dessa taxa que não foi apresentado no projeto", disse José Ferreira de Sousa, que trabalha como bugueiro na localidade.
 
Após essa data, somente os veículos com licença e autorizados para embarque e desembarque poderão circular pelas ruas, sendo proibido o estacionamento em qualquer uma das artérias de Jericoacoara.
 
Para Ivo Gomes, a medida tem que ser mais radical para que o Ceará não corra o risco de ficar sem a "Jóia da Coroa", conforme denominou a Praia de Jericoacoara. Ele chegou a solicitar que os nativos e empreendedores não destruíssem o mais importante patrimônio cearense. Conhecedor da praia desde 1986, ele admite que conhece e tem acompanhado de perto o progresso da vila.Para o presidente da Associação de Desenvolvimento do Turismo (Adetur), Ricardo Borges, o importante é que as pessoas aprendam a respeitar a determinação de não transitar pela faixa de praia, a qual estará totalmente fechada para qualquer tipo de veículo automotor. "Isso foi uma ideia que já vinha sendo trabalhado na vila por meio de um plano de ambiência local", disse Ricardo.Para acompanhar a fiscalização e obediência às leis do trânsito foi criada uma comissão formada pelo Detran, Semace, Prefeitura, Governo do Estado e diversas associações representativas de empresários e da comunidade de Jeri.
 
De acordo com o relatório apresentado pelo Detran, normalmente, mais de dois mil veículos, emplacados no município de Jijoca de Jericoacoara, sem contar com os dos visitantes, circulam, sem ordenamento, trazendo degradação às dunas e à vila. "Por isso surgiu a ideia da criação de um estacionamento e, também, de proibir o acesso dos carros à duna Pôr do Sol", disse o prefeito do município, Araújo Marques.Esta última visita do secretário Bismarck Maia à Praia de Jericoacoara serviu para colocar fim a uma luta que se arrastava por mais de dois anos: a demolição do antigo Centro de Informações Turísticas, conhecido como Redondo.
 
Em outubro deste ano, Bismarck Maia esteve em Jericoacoara apresentando as ações estratégicas da sua pasta para o trade turístico e ouvindo as demandas da comunidade. Na ocasião, em atendimento às solicitações surgidas, o secretário se comprometeu em interceder junto às instituições públicas para aprovar a demolição.
Fonte: DN
 
 
Quem pretende passear na Praia de Jericoacoara nestas férias vai encontrar novidades por lá. Algumas mudanças começam a ser implantadas a partir do dia 25 para disciplinar o trânsito.
Nem todos os carros vão poder circular dentro da vila de pescadores. Outras modificações também foram feitas para melhorar o acesso à praia.

A retirada do posto de informações, conhecido como Redondo, marcou o início das mudanças na vila de pescadores mais famosa do Ceará.

Outra reivindicação dos moradores também foi atendida: disciplinar o trânsito de Jeri. E vai ser agora, no período de festas de final do ano, que começa a mudança.
Somente os veículos autorizados vão poder entrar em Jericoacoara. Os outros vão ter que ficar em um estacionamento que está em fase de construção. O turista vai ter que pagar por esse serviço.
O valor ainda não foi definido, mas segundo a prefeitura, a medida não deve alterar o fluxo de turistas que neste período fica 4 vezes maior.

Já a Associação dos Bugueiros não está satisfeita. Os veículos tiveram que pagar R$ 60 para ter um adesivo e trocar a placa comum pela vermelha. Um gasto que na avaliação deles, não compensa.
Segundo a Secretaria de Turismo do Estado, as mudanças em Jericoacoara são necessárias e devem ser fiscalizadas.

Para quem visita o lugar, independente das mudanças, o mais importante é não deixar de apreciar uma das mais belas vistas do Ceará.
Fonte: TvM

Voltar

Contato

Conselho Comunitário de Jericoacoara
Rua principal,00
Jericoacoara - Ceará - Brasil
62598-973

5588 9914 8625

Conselho Comunitário de Jericoacoara © Todos os direitos reservados.

A Serviço da Comunidade - www.jeri.org.br - info@jeri.org.br