ESTUDOS SOBRE PPP SERÃO ENTREGUES EM MAIO

28/03/2014 10:20

Deputados, ambientalistas, representantes do Governo e do Instituto Chico Mendes discutiram, na tarde desta sexta-feira (28/03), a possível parceria público-privada (PPP) para gestão do Parque Nacional de Jericoacoara. Na ocasião, a diretora do Instituto Chico Mendes, Giovanna Palazzi, afirmou que, atualmente, três estudos estão em andamento e o projeto completo está previsto para ser apresentado em maio. A discussão atendeu ao requerimento dos deputados Antonio Carlos (PT) e João Jaime (DEM).


O deputado João Jaime afirmou que a audiência teve o objetivo de debater o assunto e esclarecer as dúvidas da população. Durante a discussão, o parlamentar propôs uma parceria entre os governos Federal, Estadual e Municipal para a administração do Parque. “Em vez de colocar nas mãos de uma empresa privada, por que não demandar responsabilidades a essas esferas governamentais e gerar renda para ser destinada à população da localidade?”, questionou o deputado.

O deputado Antonio Carlos defendeu uma discussão mais ampla com os principais interessados no assunto. “Antes de qualquer decisão, é importante saber quais os anseios da população, o que realmente o município necessita e se essa parceria é necessária para a administração do Parque”, afirmou.

Já o deputado Camilo Santana (PT) esclareceu que a proposta de implantação de PPP no Parque de Jericoacoara não se trata de uma privatização. Ele reconheceu a necessidade de parcerias para administrar de forma adequada a área de preservação e lembrou que a proposta ainda está sendo estudada e, caso seja aprovada, será adequada às necessidades da população. “Nenhum cearense irá aceitar qualquer intervenção no Parque que venha prejudicar a população do município”, frisou.

A diretora de Criação e Manejo de Unidades de Conservação do Instituto Chico Mendes, Giovanna Palazzi, esclareceu que a instituição está desenvolvendo um conjunto de estudos, englobando a demanda turística da região e a movimentação econômica, para que uma possível parceria  público-privada venha transformar o Parque de Jericoacoara em um Parque Nacional. Giovanna afirmou que anualmente o local recebe mais de 500 mil turistas e que o instituto não tem capacidade de administrar o parque sozinho.

“O objetivo não é privatizar o parque, e sim oferecer serviços especializados e melhorar o atendimento ao turista no local. A PPP não é uma imposição do Instituto, caso aparece uma proposta mais viável, como a parceria entre as esferas governamentais, ela será analisada. O objetivo é colocar o parque para funcionar corretamente”, destacou.

Já o titular do Conselho de Políticas e Gestão do Meio Ambiente (Conpam), Bruno Menezes, afirmou que a PPP compreende uma parceria do Governo Federal com a iniciativa privada e que, diferente do que foi afirmado anteriormente, não será dado à empresa o direito de fazer intervenção na área sem que seja submetida ao Governo, por meio de seus órgãos ambientais, como a Semace.

O prefeito de Jijoca de Jericoacoara, Padre Francisco Lindomar externou sua indignação com o fato do município não ter sido ouvido sobre essa iniciativa do Governo Federal. Ele enfatizou que Jericoacoara vive do Turismo e que uma proposta dessa pode implicar em sérios prejuízos para o município.

Também participaram da discussão os deputados Agostinho Moreira (PV), Eliane Novais (PSB), Sérgio Aguiar (Pros), o deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB-CE); o procurador da República Ricardo, Magalhães de Mendonça e a promotora de Justiça, Maria do Socorro Costa, dentre outros.         
MA/ CG.

O Conselho comunitário também esteve na audiência e cobrou mais transparência do projeto e infelizmente devido aos fatos, não conseguimos acreditar que o icmbio fazendo parceria com estado e prefeitura dê bons frutos, tirando como base que nem mesmo um estacionamento se consegue manter. Quanto ao estado, temos diversas obras aqui em Jeri, que são verdadeiros elefantes brancos: Mercado público, estacionamento... queremos acreditar, mas a realidade é bem diferente. Além desse ponto, o CONSELHO COMUNITÁRIO DE JERICOACOARA denunciou a ausência permanente do poder público em Jericoacoara. Todos dizem que somos a galinha dos ovos de ouro, mas não tratam como tal.

Fonte: Assembleia

Voltar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário

Contato

Conselho Comunitário de Jericoacoara
Rua principal,00
Jericoacoara - Ceará - Brasil
62598-973

5588 9914 8625

Conselho Comunitário de Jericoacoara © Todos os direitos reservados.

A Serviço da Comunidade - www.jeri.org.br - info@jeri.org.br