GOVERNO APOSTA NAS LINHAS REGIONAIS

23/08/2011 23:15

Antes pautada para atrair turistas estrangeiros, a Setur muda o foco para captar visitantes nordestinos



Em meio à "turbulência" financeira, que volta a atingir a economia de alguns países europeus e dos EUA, o governo do Estado altera a "rota" dos principais emissores de turistas para o Ceará e mira o foco no mercado interno regional. "O turismo doméstico é fundamental. São Paulo, Rio e Centro Oeste são grandes emissores, além do que o filão está aqui ao lado, no próprio Nordeste", declara o titular da secretaria estadual do Turismo, Bismarck Maia, que há bem pouco tempo apostava todas as fichas no turismo internacional.

Pequenos aeroportos
Segundo ele, a "aposta (agora) é em novas linhas aéreas regionais" como forma de garantir fluxo aos pequenos aeroportos em construção no Estado, como o de Aracati e o de Jericoacoara, e "dar maior segurança ao mercado turístico doméstico". "Precisamos de linhas diretas entre as cidades do Nordeste, para que um turista de uma cidade não precise passar por uma capital, para seguir para o destino", defendeu o secretário. De acordo com ele, o importante, nesse momento, é manter a imagem do destino Ceará na memória das pessoas. "O foco no turismo internacional segue paralelamente ao regional", disse.
Obras

Ao fazer um pequeno balanço do andamento das obras dos dois aeroportos regionais sobre a gestão da Setur, Maia disse que a coberta do terminal de passageiros do aeródromo de Aracati está pronta. "A obra foi além do tempo previsto, mas até 30 de outubro tudo estará pronto", garantiu.
 
Com pista de 1.800 metros de cumprimento, por 30 metros de largura, o aeroporto de Aracati terá condições de receber aviões de médio porte, tipo Boeing, mas que só poderão operar após licença da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac). O novo aeroporto custou R$ 18,6 milhões, dos quais cerca de R$ 5 milhões foram oriundos do tesouro estadual. Quanto ao hangar para abrigo de um centro de manutenção de pequenas aeronaves, da TAM, Maia informou que a licitação está prevista para outubro. "Hoje, vamos ter uma reunião com a TAM, sobre a áreas de drenagem e de energia, para fecharmos o projeto", antecipou.

Jericoacoara
Em relação ao aeroporto de Jericoacoara, Maia disse que a licitação para construção do terminal de passageiros está em fase de análise de preços pela Comissão Central de Licitação, da Procuradoria Geral do Estado (PGE). Esta obra está orçada em R$ 11 milhões, enquanto a pista de pouso, com 2.300 metros de extensão e 45 metros de largura, irá custar R$ 46 milhões, totalizando R$ 57 milhões, sendo a maior parte financiada com recursos federais. As obras da pista de pouso já foram iniciadas, mas só deverão estar concluídas em junho de 2012.

De acordo com Maia, o terminal deverá começar operando com voos charters da CVC. "As negociações com as companhias aéreas vão ocorrer depois das obras prontas",afirma .

CARLOS EUGÊNIO
REPÓRTER
FONTE: DN

Voltar

Contato

Conselho Comunitário de Jericoacoara
Rua principal,00
Jericoacoara - Ceará - Brasil
62598-973

5588 9914 8625

Conselho Comunitário de Jericoacoara © Todos os direitos reservados.

A Serviço da Comunidade - www.jeri.org.br - info@jeri.org.br