JERICOACOARA - VENTOS INCESSANTES

05/01/2014 07:51

Para iniciar o ano de 2014 com o pé direito fomos à paradisíaca praia de Jericoacoara para registrar o debute de um evento que há 15 anos tem revelado talentos e ajudado a consolidar o local como uma das principais locações para a prática do windsurfe no mundo. Você vai entender porque Jeri é famosa entre todos os praticantes de Wind, sobretudo quando o assunto é freestyle e também vai conhecer alguns dos seus mais ilustres moradores que são destaque internacionais nesse esporte.

Para muitas pessoas a praia de Jericoacoara é sinônimo de pôr do sol na duna, Pedra Furada, lagoas literalmente paradisíacas, pé na areia, natureza, aventura e diversão. Contudo, para o seleto grupo dos "amigos do vento", que há três décadas invadem a famosa praia em busca de seus ventos perfeitos e constantes, Jeri é sinônimo de adrenalina e manobras radicais.
 
Jericoacoara já foi objeto de várias reportagens, aqui mesmo, na página Esportes Radicais. Já investigamos como tudo começou, o nascimento do esporte, a chegada das primeiras velas ao Ceará ainda na década de 1980 e como um italiano de nome Maurizzio deu início a uma verdadeira transformação social ao doar equipamentos para os nativos criando assim a primeira geração de atletas nascidos na antiga vila de pescadores.
Nascimento
 
Em 1999, às vésperas do Novo Milênio, nascia o Ceará Wind, uma competição que em pouco tempo entraria para o calendário oficial e para a história dos esportes radicais no Brasil. Naquela época Jericoacoara já era um destino internacional conhecido e cobiçado, principalmente entre os europeus que viviam o auge econômico dos anos dourados da União Europeia e já começavam a se acostumar a vir para o Brasil em temporadas que chegavam a durar meses.
 
Como a presença de alguns dos maiores nomes do windsurfe mundial nas edições do Ceará Wind foi se tornando algo cada vez mais comum, rapidamente essa competição ultrapassou as fronteiras do Brasil. E também não tardou até que o Ceará Wind virasse o Wind Brasil, uma das mais tradicionais, senão a mais tradicional etapa do Circuito Brasileiro de Windsurf, que em dezembro de 2013 comemorou sua 15ª Edição.
 
"Um dos principais fatores que fez com que o número de europeus que retornavam a Jeri aumentasse, foi justamente o fato de que a temporada brasileira dos ventos ocorria após o término da temporada europeia. Isso aliado ao fato de Jeri ser reconhecida como um dos lugares de ventos mais constantes no planeta fez com que essa praia se tornasse uma das mais importantes para o esporte a nível mundial. Foi assim que o Ceará Wind, um pequeno campeonato que começou como uma reunião de amigos, se transformou no Wind Brasil", explicou Teka Lenz, organizador do evento.
 
Wind Brasil 2013
 
A 15ª edição do que um dia foi chamado de Ceará Wind e hoje é conhecido como Wind Brasil começou logo após o Natal, na quinta-feira, 26/12. O ´circo´ foi armado no canto direito da praia, no outro extremo de um dos mais celebrados cartões postais de Jeri, a Duna do Pôr do Sol.
 
Nos três dias da competição, enquanto rolavam as baterias, uma pequena multidão se aglomerava debaixo do sol escaldante para observar atenta os duelos protagonizados pelos heróis locais e visitantes ilustres.
 
O atleta Ian Mouro, que apesar de ter nascido no Rio foi criado desde os primeiros meses de vida na famosa praia do município de Jijoca, foi o grande vencedor da categoria Wave. Entre as mulheres quem se deu melhor nas duas categorias em disputa foi Arriane Aukes. A holandesa faturou a Wave e a Freestyle.
 
GEORGE NORONHA
ESPECIAL PARA O JOGADA
 

Voltar

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Nenhum comentário foi encontrado.

Novo comentário

Contato

Conselho Comunitário de Jericoacoara
Rua principal,00
Jericoacoara - Ceará - Brasil
62598-973

5588 9914 8625

Conselho Comunitário de Jericoacoara © Todos os direitos reservados.

A Serviço da Comunidade - www.jeri.org.br - info@jeri.org.br